Policiamento será ampliado em três bairros

Convênio prevê que praças e oficiais façam segurança em Pinheiros, Vila Mariana e Santana em dias de folga

Bruno Tavares e Marcelo Godoy, O Estado de S.Paulo

16 Abril 2010 | 00h00

A Polícia Militar vai ampliar o convênio com a Prefeitura para que praças e oficiais prestem serviços de segurança ao Município em dias de folga. Depois do sucesso na redução da criminalidade na região central da cidade, o chamado "bico oficial" vai chegar aos bairros de Pinheiros, na zona oeste, Santana, na zona norte, e Vila Mariana, na zona sul.

A ideia é que os PMs atuem em locais onde há grande aglomeração de pessoas, a exemplo do que já é feito em quatro pontos do centro - Ruas 25 de Março, Oriente e José Paulino e Largo da Concórdia -, além do Largo 13 de Maio, na zona sul, e na Favela Pantanal, na zona leste.

Em Pinheiros, os PMs deverão circular em ruas do Largo da Batata. A atuação em Santana será focada nas imediações da Rua Voluntários da Pátria e, na Vila Mariana, nas proximidades da Avenida Domingos de Moraes, ambos redutos de comércio.

Menos crimes. Iniciada em setembro, após aprovação de projeto de lei de autoria da gestão Gilberto Kassab (DEM), a parceria é considerada bem-sucedida. Um termômetro disso foi a redução da criminalidade na região da 25 de Março.

"A ação delegada diminui o crime, aumenta a sensação de segurança e retira o policial do serviço extra", afirma o comandante-geral da PM, coronel Álvaro Camilo. Além dos cerca de 250 homens recrutados para atuar na área da 25 de Março, havia uma fila de 700 interessados.

A lei aprovada pela Câmara prevê gratificações de até 100% do salário-base de oficiais e até 70% de praça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.