1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Polícia tem suspeito da morte de organizador dos 'rolezinhos'

Luciano Bottini Filho - O Estado de S. Paulo

08 Abril 2014 | 18h 32

Investigadores tentam localizar namorado de uma garota de 18 anos, de quem Lucas Lima teria dado em cima. A polícia não sabe ainda se ele é menor de idade e ainda tenta localizá-lo

São Paulo - A Polícia Civil já tem um suspeito pela morte do estudante Lucas Lima, de 18 anos, que ficou famoso por organizar "rolezinhos" na internet. Ele seria o namorado de uma garota de 18 anos, que teria sido abordada por Lucas

A polícia não sabe a idade do rapaz e tenta localizá-lo. Segundo o delegado José Lopes, do 64.º DP (Cidade AE Carvalho), a namorada deu um depoimento nesta terça-feira, 8. Sua versão foi confirmada por outras testemunhas que estavam com a vítima.

"O namorado dela não gostou dessa iniciativa (de Lima) e se desentendeu com ele. Houve luta corporal, a vítima caiu no chão e bateu a cabeça", disse o delegado. A briga teria ocorrido na Rua 12, no bairro Cidade AE Carvalho, na zona leste, depois de um baile funk. A polícia ainda não tem o endereço do rapaz, mas já realiza buscas.

O corpo do jovem foi velado na noite do domingo, 6, e enterrado na manhã desta segunda-feira, 7, no Cemitério Municipal de Itaquera. Nas redes sociais, amigos prestaram homenagem. "Não consigo dormir, não consigo acreditar: amigo, saudades", postou uma menina. "O que eu mais vou lembrar dele é do riso e da alegria" disse o estudante Will Oliveira dos Santos, de 17 anos, cuja foto do Facebook é uma imagem do jovem morto escrito Luto.

'Rolezinho'. Lima organizou um "rolezinho" no dia 11 de janeiro no Shopping Metrô Itaquera, na zona leste. O evento acabou em confusão, com a Polícia Militar usando bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar cerca de 3 mil jovens, enquanto lojistas fechavam as portas.

  • Tags: