Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo » Polícia prende suspeito de participar de assassinato de PM

São Paulo

Divulgalção

Polícia prende suspeito de participar de assassinato de PM

Policial estava jantando com a família em uma pizzaria quando a quadrilha entrou, anunciou o assalto e roubou vários clientes

0

Alexandre Hisayasu,
O Estado de S. Paulo

17 Fevereiro 2016 | 15h40

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira, 17, em Campinas, Rodrigo Araújo Santos, de 20 anos, suspeito de participar do assassinato do policial militar André Alves Ribeiro, em uma pizzaria do bairro Cachoeirinha, na zona norte, no dia 2 de janeiro. Ele foi o sexto e último integrante preso do grupo que cometeu o latrocínio (roubo seguido de morte).

O PM estava jantando com a família quando a quadrilha entrou, anunciou o assalto e roubou vários clientes. Ele foi morto depois que os bandidos descobriram que ele era policial.

Segundo os investigadores do Apoio Operacional da Seccional Norte (AOP), quatro homens e dois adolescentes participaram do crime. Todos foram reconhecidos por testemunhas. Os adultos estão presos por ordem da Justiça. Os menores estão internados na Fundação Casa.

A polícia apurou que três bandidos entraram armados na pizzaria e anunciaram o assalto. Depois de ser descoberto, o PM Ribeiro foi executado na frente da família com cerca de 8 tiros disparados por um menor e por Santos. Dois bandidos aguardavam no carro usado na fuga, enquanto o sexto integrante não participou da ação, mas deu uma das armas usadas no crime.

O delegado Luis Storni, responsável pela 4ª Seccional Norte, disse que a quadrilha foi reconhecida em outros 10 roubos a estabelecimentos comerciais na região onde ocorreu o assassinato. "Acreditamos que o número de vítimas vai aumentar, porque eles praticavam vários assaltos por semana", disse.

Mais conteúdo sobre:

Comentários