Polícia prende homem que roubou terminal do bilhete único na Estação Artur Alvim

Funcionária do Metrô testemunhou a ação dos três bandidos, que levaram R$ 3,3 mil, e acionou a PM

Felipe Tau, O Estado de S. Paulo

04 Junho 2013 | 15h35

SÃO PAULO - Um homem foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira, 4, depois de furtar R$ 3,3 mil de dois terminais de autoatendimento do bilhete único na Estação Artur Alvim do Metrô, na zona leste de São Paulo. Benedito José de Oliveira Neto, de 26 anos, foi detido pela PM por volta das 3h40, quando fugia em um Peugeot 206 prata pela Rua José Miguel Ackel, na Vila Marieta, a cerca de cinco quilômetros da estação. Neto confessou o crime e apontou a participação de dois comparsas, que até as 14h40 desta terça não haviam sido presos nem identificados.

A polícia foi acionada por uma funcionária do Metrô, que viu os três homens saindo com dois cofres das máquinas depois de destruí-las. A PM iniciou buscas na região e avistou um veículo sem placas na Rua Itinguçu, perto do local do crime. Neto, que estava ao volante, tentou fugir, mas foi detido.

No carro foram encontradas uma faca, uma chave de fenda e uma ponta de picareta, ferramentas usadas para abrir a caixa de recolhimento dos terminais. Os R$ 3,3 mil estavam com o suspeito.

A quantia foi devolvida a um funcionário da empresa responsável pelas máquinas furtadas. O veículo usado pelo ladrão na fuga, que era roubado, foi entregue ao proprietário.

O caso foi registrado no 24 º DP (Água Rasa), onde a metroviária que testemunhou a ação reconheceu Neto.

Mais conteúdo sobre:
Bilhete único assalto São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.