Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Polícia prende cinco suspeitos de ataques a caixas eletrônicos

Quadrilha, que realizava crimes em São Paulo e Minas Gerais, foi pega em um bar na cidade de Sumaré, na região de Campinas 

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

10 Abril 2015 | 08h58

Atualizado às 9h10

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu quatro homens e uma mulher, suspeitos de integrarem uma quadrilha de ataques a caixas eletrônicos em São Paulo e no sul de Minas Gerais. O grupo estava reunido em um bar na cidade de Sumaré, região de Campinas, na noite desta quinta-feira, 9, quando foi pego.

A Polícia Civil acredita que os suspeitos estivessem planejando um novo ataque quando foram capturados. Eles foram presos por policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que conduziam as investigações há seis meses. Todos foram conduzidos à sede do departamento, na zona norte da capital paulista.

Após prender a quadrilha, os policiais levantaram endereços em Sumaré e na cidade vizinha Hortolândia, também na região de Campinas. Nos locais, foram encontrados seis fuzis, uma pistola calibre 9 mm, explosivos, coletes à prova de balas e "miguelitos", artefatos usados para furar pneus.

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.