Polícia estoura três bingos em Alphaville

Operação foi deflagrada na segunda-feira e no total foram apreendidas 165 máquinas

Daniela do Canto, estadão.com.br

14 Abril 2009 | 04h40

Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Carapicuíba estouraram na noite desta segunda-feira, 13, três bingos clandestinos que funcionavam em centros comerciais de Alphaville, na zona oeste da região metropolitana de São Paulo. No total foram apreendidas 165 máquinas. A Polícia Civil agora deve conduzir uma investigação para tentar identificar os responsáveis pelas jogatinas.

 

A operação foi deflagrada simultaneamente, por volta das 18 horas, nos três locais. No bingo localizado no quarto andar do prédio Alpha Center, na Calçada Régulo, foram apreendidas 95 máquinas de caça-níquel. Nas cadeiras, havia inscrições do Bingo Sampa. No segundo andar de um prédio na Calçada Vega foram 41 máquinas. No local, as cadeiras tinham inscrições do bingo Cerro Corá. Na Alameda Madeira, foram outras 29 máquinas em uma sala no terceiro andar do Edifício Station Square.

 

Segundo os policiais do SIG, todos os estabelecimentos possuíam circuito interno de câmeras e funcionavam normalmente. No momento em que a polícia chegou aos bingos, não havia ninguém jogando. Dois técnicos de manutenção das máquinas e um apostador que chegaram ao bingo quando os policiais já estavam no local foram levados à delegacia, ouvidos e liberados em seguida. Como as chaves usadas para abrir as máquinas dos bingos da Calçada Régulo e da Calçada Vega foram as mesmas, a Polícia Civil acredita que uma só pessoa seja responsável pelas duas jogatinas.

 

Colaborou Paulo Maciel, do estadão.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.