JB Neto/AE
JB Neto/AE

PM prende quatro suspeitos por roubo de carga de tecidos

Um dos presos tentou se esconder em tambor com produto químico e sofreu queimaduras pelo corpo

Daniela do Canto, da Central de Notícias,

04 Novembro 2009 | 12h21

Quatro pessoas foram presas na madrugada desta quarta-feira, 4, na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo, suspeitas de envolvimento no roubo de uma carga de tecidos avaliada em R$ 330 mil. Para tentar se esconder da polícia, um dos suspeitos, identificado como Adalton dos Reis, de 21 anos, se jogou em um tambor contendo salupan, produto químico usado na limpeza automotiva pesada. Ele sofreu queimaduras nas coxas, costas e virilha e foi encaminhado do Pronto-Socorro (PS) Tatuapé.

 

O caminhão foi roubado por volta das 23 horas da terça-feira, 3, de uma transportadora no Trevo de Bonsucesso, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O motorista de 44 anos, que preferiu não se identificar, contou que chegava à empresa quando foi rendido. "Eu fui o último a ser pego e só vi dois bandidos. Mas pelo que me contaram, eram uns seis ou sete", explicou. "Eles (os assaltantes) me ajudaram até a estacionar o meu caminhão".

 

Conforme o motorista, cerca de 15 funcionários foram colocados em um caminhão e posteriormente trancados em uma Sprinter. Ele disse que os criminosos estavam fortemente armados e ameaçaram todos os reféns de morte. "Depois disso, eles roubaram o caminhão e levaram a chave da Sprinter. Quando vimos que eles tinham ido embora, uma meia hora depois, arrombamos a porta e saímos", relatou.

 

A empresa de rastreamento do veículo avisou a Polícia Militar sobre o roubo e a localização aproximada do caminhão. Os policiais do 9º Batalhão deram início a um patrulhamento e notaram uma movimentação estranha em uma transportadora na Rua São Quirino, na Vila Guilherme. Quando entraram no local, viram pelo menos dez suspeitos, que tentaram fugir.

 

Neste momento, Reis se jogou no tambor de solupan, dentro da própria empresa. Ele e outros três suspeitos foram capturados. Os funcionários do local disseram à PM que foram rendidos pelos suspeitos, que faziam a transferência da carga de tecidos para um contêiner. De acordo com a PM, os criminosos abandonaram quatro veículos - dois Fiat Palio, um Volkswagen Gol e um Citröen C3 - no local. O caso foi registrado no 9º Distrito Policial (Carandiru).

Mais conteúdo sobre:
roubo carga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.