PM é executado por dupla em moto na zona leste

Policiais estava de folga e foi baleado no peito e nas costas; suspeitos não levaram nada da vítima

Rafael Italiani, O Estado de S. Paulo

25 Janeiro 2015 | 14h31

SÃO PAULO - O soldado da Policial Militar Ataide dos Santos Junior, de 34 anos, morreu após ser executado com dois tiros, um no peito e outro nas costas, por volta das 23h deste sábado, 24, em Itaquera, na zona leste. Segundo a PM, a vítima estava de folga quando foi morta. 

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública, pilotava sua moto na Avenida Campanella. Uma testemunha disse que viu o PM segundo seguido por uma outra motocicleta ocupada por duas pessoas. O garupa usava uma mochila de entregador de pizza. O policial parou atrás de um ônibus, os suspeitos pararam ao lado dele, efetuaram os disparos e fugiram do local. Nenhum pertence do policial foi levado. Na carteira dele, havia R$ 1.950. 

A arma calibre .380 foi apreendida pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pela investigação do caso.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo PM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.