POLICIA FEDERAL
POLICIA FEDERAL

PF acha cocaína em quadros de Francisco, João Paulo II e Bento XVI

Homem tentou embarcar com droga em Cumbica, mas foi detido pela PF; entorpecente seria levado para o Benin

Alexandre Hisayasu, O Estado de S. Paulo

30 Setembro 2016 | 23h13

Agentes da Polícia Federal (PF) prenderam um homem no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, tentando embarcar para o exterior com cocaína escondida em quadros com fotos de papas e também em uma turbina automotiva. A prisão aconteceu na quinta-feira, 29.

Segundo a PF, o homem é um espanhol de 39 anos que ia embarcar para Cotonou, cidade que fica no Benin, país do oeste da África.

Durante um procedimento de rotina, os policiais desconfiaram do homem, que demonstrava nervosismo na fila do check-in. Como ele não respondeu às perguntas dos agentes de maneira convincente, foi levado à delegacia que fica no aeroporto, para prestar mais esclarecimentos e passar por revista.

As bagagens do homem também foram levadas para averiguação. Os três quadros com fotos dos papas Francisco, João Paulo II e Bento XVI estavam na mala do espanhol. Segundo a PF, ele escondeu a cocaína nas molduras. A outra parte da droga foi encontrada na turbina. No total, foram apreendidos 28 quilos de cocaína.

O homem, que não teve o nome revelado, foi autuado em flagrante por tráfico internacional de drogas. Durante depoimento, ele preferiu ficar em silêncio. O suspeito foi levado para um Centro de Detenção Provisória. A polícia quer descobrir quem passou a droga para o espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.