Perueiros de São Paulo suspendem greve

Categoria apresentou planilha de custos à Secretaria e marcou nova reunião para a próxima 2ª

estadão.com.br

27 Abril 2010 | 19h20

SÃO PAULO - Os perueiros da capital paulista resolveram na tarde desta terça-feira, 27, suspender a greve geral marcada para quarta. Os motoristas de micro-ônibus apresentaram uma planilha de custos à Secretaria Municipal de Transportes e marcaram outra reunião para decidir sobre a paralisação na próxima segunda.

 

A categoria pleiteia reajuste de 12% no valor repassado pela SPTrans para custeio do sistema. A secretaria havia oferecido um aumento de 2%, o que fez com que os perueiros anunciassem a greve.

 

Atualmente, segundo a categoria, os micro-ônibus recebem cerca de R$ 1,20 cada vez que o bilhete único é usado nas lotações. Esses veículos correspondem a cerca de 40% da frota de transporte municipal.

Mais conteúdo sobre:
perueiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.