Personagens de ''Alice'' estampam de xícaras a joias

Há uma nova tendência entre as lojas infantis: apostar em ambientes voltados às crianças, para que as mães possam comprar mais sossegadas. Com paredes coloridas, desenhos com motivos lúdicos e móveis adaptados à altura dos pequenos, elas oferecem, além de roupas e sapatos à venda, brinquedos e jogos para todas as idades. As crianças brincam, enquanto as mães escolhem o que vão levar.

Valéria França, O Estado de S.Paulo

17 Abril 2010 | 00h00

"Outro dia minha filha não queria ir embora da loja. Tive de arrastá-la", conta Juliana Barros, de 37 anos, mãe de Veridiana, de 2 anos e 7 meses. Ela é cliente da Baby Basics, em Pinheiros, zona oeste. Inaugurada há pouco mais de um mês, a loja montou uma brinquedoteca de 40 metros quadrados.

A diversão, porém, não para por aí. "Minha filha gosta mesmo é do parquinho ao ar livre, no fundo da loja", diz Juliana. "Outro dia, ela ficou ali entretida com um skate." A Baby Basics oferece ainda oficinas de arte e culinária. "As aulas de biscoito também fazem muito sucesso", comemora Carolina Delboni, de 35 anos, proprietária da loja.

No Itaim, zona sul, a Sorriso do Gato é outra loja que virou queridinha de várias mães. Em cada canto da loja, há uma atração para os pequenos clientes. As prateleiras são mais baixas, justamente para que tudo fique ao alcance delas. E, para arrancar gargalhadas, espelhos distorcem as imagens.

No Shopping Iguatemi, zona sul, a Fábula montou um canto todo almofadado para as crianças se jogarem. A loja também oferece caneta, lápis e papel. O cantinho decorado funciona como um espaço de integração.

Especializada em roupas de marcas, a Piks tem o maior espaço de diversão. Foram montados sete ambientes especiais, como um salão de cabeleireiro e uma cozinha. Só que, ao contrário das outras lojas, cobra pela diversão das crianças - R$33 por uma hora, R$ 20 por meia.

"Nosso espaço nasceu na contramão das concorrentes", justifica a dona, Alessandra Engel. "Começamos oferecendo diversão e depois montamos a loja. E ela é um sucesso. Temos por mês 1.500 compradores."{HEADLINE}

ESPAÇOS LÚDICOS

Criatividade: A loja Sorriso do Gato foi toda adaptada para os pequenos. Até as prateleiras com os livros são mais baixas para que fique tudo ao alcance

Contramão: Piks nasceu como um espaço de diversão, mas virou loja de multimarcas. Em julho, trará Marc Jacobs para a criançada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.