Passarela das Cataratas do Iguaçu é interditada

Medida foi tomada pela direção do parque por questão de segurança; chuva no Sul já registra milhares de desabrigados

, O Estado de S.Paulo

27 Abril 2010 | 00h00

A direção do Parque Nacional do Iguaçu interditou ontem a passarela que leva ao mirante principal das Cataratas do Iguaçu, no Paraná, por motivo de segurança, uma vez que o volume de água era dez vezes acima do normal. As fortes chuvas castigam a Região Sul desde a semana passada. Trinta e um municípios paranaenses foram atingidos por enchentes, que afetaram 30.700 pessoas. Quase 1.800 tiveram de deixar as casas. Em Pinhais, há um desaparecido.

Em Santa Catarina, 14 municípios decretaram situação de emergência. De acordo com dados da Defesa Civil Estadual, mais de 123 mil pessoas, em 46 municípios, foram atingidas ? cerca de 4.900 abandonaram suas casas.

No Rio Grande do Sul, o Rio Uruguai subiu 9 metros e forçou a abertura das usinas hidrelétricas de Itá e Machadinho, inundando cidades ao longo do rio.

Mato Grosso do Sul. O mau tempo atingiu ainda o Centro-Oeste. Ventos que chegaram a 65 km/h arrancaram pelo menos 80 árvores, derrubaram 17 postes de energia elétrica e destelharam casas e postos de combustíveis em 15 bairros da cidade de Dourados, a 220 quilômetros de Campo Grande, no sul do Estado. Dois caminhões tombaram.

O temporal começou por volta do meio-dia de ontem e durou quase 30 minutos. Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos 15 famílias ficaram desabrigadas. Soldados que estavam de folga foram convocados para trabalhar, assim como funcionários da Empresa de Eletricidade de Mato Grosso do Sul.

São Paulo. A previsão é de chuva hoje à tarde na capital, provocada pela frente fria do Sul. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, nos próximos dias o tempo deve continuar nublado, sem risco de temporais. / ELDER OGLIARI, PEDRO DA ROCHA, SOLANGE SPIGLIATTI e JOÃO NAVES DE OLIVEIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.