Parece brincadeira!

100 anos de azar

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

14 Julho 2012 | 03h06

Tem torcedor do Timão por aí atribuindo a derrota para o Botafogo - 3 a 1 em pleno Pacaembu - à "maldição da Libertadores".

Mal comparando

Se a senhora anda deprimida com a falta de romantismo de seu marido, repara só no personagem de José Wilker em Gabriela e vê se para de reclamar de barriga cheia, caramba!

Diversidade carioca

Seedorf tem tudo para virar uma espécie de Petkovic do Botafogo, único dos quatro grandes clubes do Rio onde o craque sérvio-carioca não atuou!

Ela merece!

O que tem aparecido de homem para consolar Sabrina Sato depois que terminou o namoro da apresentadora com aquele deputado bonitão, francamente, podiam ao menos respeitar o luto da pobrezinha!

Poder da mente

Calcula-se que 30% dos remédios vendidos no Brasil contra disfunção erétil sejam falsificados, mas tal porcentual não encontra correspondência no balcão de queixas do Procon. Vai ver que, no caso, o efeito colateral psicológico funciona, né não?

Só pensam nisso!

Tanta coisa para se estudar e os cientistas franceses decidiram sequenciar o genoma da banana. Ô, raça!

Ah, coitado!

Bruno Mazzeo rompeu com o Twitter! Resultado: vai precisar de uns três meses de fisioterapia pelo tanto que vem apanhando em consequência disso nas redes sociais.

Gilberto Kassab está fazendo escola! Se a recomendação contra o uso de bicicleta na capital não fosse publicada na primeira página do Diário Oficial do governo Alckmin, o paulistano seria capaz de apostar que tal ideia de jerico saiu da Prefeitura.

É marca registrada do prefeito criar uma situação politicamente incorreta para, diante da gritaria, vir a público em seguida dizer que não vai proibir o sopão nem derrubar o Minhocão, tampouco reduzir o número de refeições servidas nas creches municipais ou transferir para outra freguesia aquela feira livre que a vizinhança adora.

Funciona, já disse isso aqui uma vez, como aquela contradança de festa junina em que se anuncia a cobra para logo depois avisar que é mentira. Quem já dançou quadrilha pode bem imaginar a alegria dessa hora do desmentido.

A tese "mais bicicletas, mais acidentes" lançada pela Imprensa Oficial do Palácio Bandeirantes já chegou aos jornais do dia seguinte devidamente desautorizada pelo próprio poder executivo estadual, "que é absolutamente favorável à ampliação do uso de bicicletas na capital, blá-blá-blá, blá-blá-blá..."

Ou seja, Geraldo Alckmin já até aprimorou a brincadeira!

A glória!

De João Gilberto, finalmente curado da gripe, comentando a escolha de Caetano Veloso para Personalidade do Ano no Grammy Latino 2012: "É um velho sonho dele suceder a Shakira!"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.