Para Metrô, há problemas só em 0,09% das partidas

Em nota oficial, o Metrô afirma que entre janeiro e maio aumentou em 19 mil o número de viagens, na comparação com o ano passado, chegando a 508 mil partidas. Por isso, nega que mais cancelamentos de viagens prejudiquem os passageiros. A companhia diz ainda que as falhas "representaram apenas 0,09% das viagens". Mas não comentou o aumento no número de panes.

O Estado de S.Paulo

22 Julho 2012 | 03h03

Procurado, o Sindicato dos Metroviários atribuiu parte dos problemas na rede aos novos trens. "Nos antigos, a porta do condutor dava para fora. Nos novos, a porta dá para o salão de passageiros. Se há uma falha no sistema das portas, o condutor precisa sair da cabine, atravessar o salão de passageiros lotado e então sair da composição e caminhar até a porta com falha. Demora mais", afirma o secretário-geral da entidade, Paulo Pasim. Questionado sobre a questão, o Metrô não respondeu. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.