Pânico, tiroteio e morte durante arrastão

Um arrastão provocou pânico dos motoristas, que estavam anteontem à noite, próximo do Piscinão de Ramos, num acesso à Avenida Brasil, no Rio, e tentaram voltar na contramão. Os bandidos foram surpreendidos por PMs. Houve troca de tiros. Na fuga, os criminosos invadiram um bar, fecharam as portas do estabelecimento e fizeram clientes e funcionários reféns. Depois de uma hora de negociação, eles se entregaram. Um dos bandidos, identificado apenas como Claiton, morreu no local. Outros três foram presos.

, O Estado de S.Paulo

11 Abril 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.