1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Pai e filho são presos com intervalo de dois dias no Aeroporto de Guarulhos

O Estado de S. Paulo

03 Abril 2014 | 19h 36

Na terça, o filho roubou itens de um free shop e, nesta quinta-feira, o pai foi detido por furtar a bagagem de um passageiro que almoçava

Atualizado às 9h26 - 04/04

SÃO PAULO - Um pai e um filho foram presos por furto com intervalo de dois dias no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Nesta quinta-feira, 3, o chileno Jorge Alejandro Mateluna Silva, de 55 anos, furtou a mala de um passageiro espanhol que almoçava em uma lanchonete no saguão do aeroporto. Ele foi detido por policiais civis com a mala, um laptop e um iPad da vítima.

Segundo o delegado Marcelo Caio Ferrari, titular da Delegacia do aeroporto internacional, Silva contava com três passagens criminais, duas por furto e uma por associação ao tráfico. Em liberdade desde dezembro de 2013, ele agora voltou a ser preso.

Já Giovanni Pablo Mateluna Guzman, chileno de 19 anos, havia roubado um perfume e um óculos no free shop Dufry do Terminal 2 na terça-feira, 1°. Ele foi detido e, autuado em flagrante, foi preso.

Tanto o pai quanto o filho já tinham suas imagens divulgadas entre os funcionários do aeroporto por causa de furtos anteriores, o que facilitou a identificação.