Reprodução
Reprodução

Pacaembu e Pompeia devem ter ciclovia

Marquês de S. Vicente e Inajar também estão em estudo

O Estado de S. Paulo

31 Janeiro 2015 | 03h00

O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, disse ontem que a Prefeitura estuda construir ciclovias em avenidas como a Pompeia, a Pacaembu e a Marquês de São Vicente, na zona oeste, e a Inajar de Souza, na zona norte. Ainda não há prazo para essas intervenções, mas essas vias já estão no foco do governo municipal para a expansão da malha cicloviária de São Paulo, hoje com 227,1 quilômetros.

A região já passa por obras de mobilidade. Em novembro, a Prefeitura de São Paulo inaugurou a primeira ciclovia sobre ponte da capital paulista, na Casa Verde, e anunciou obras em outras duas pontes, a das Bandeiras e a Julio de Mesquita Neto, usada como ligação entre o bairro do Limão e a Avenida Pompeia. A Marquês de São Vicente, por sua vez, passa por obras no corredor de ônibus.

Ainda nesta sexta-feira, 30, Tatto afirmou que a via embaixo do Elevado Costa e Silva, o Minhocão, que faz a ligação da zona oeste com a região central de São Paulo, vai ganhar canteiros com flores e reforço na iluminação, com lâmpadas de LED mais potentes do que as atuais. Para sair do papel, essas intervenções aproveitarão as obras da ciclovia que está sendo construída sob a estrutura e deve ser entregue até o fim de junho. O projeto vem sendo tocado por três secretarias municipais – Transportes, Serviços e Desenvolvimento Urbano.

Mais conteúdo sobre:
bairrossp perdizes lapa São Paulo ciclovia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.