Divulgação
Divulgação

Operação termina com 193 presos no interior de São Paulo

Supermercado foi autuado por disponibilizar cerca de 800 quilos de produtos vencidos

estadão.com.br,

15 Dezembro 2011 | 20h30

SÃO PAULO - A Polícia Civil prendeu 193 pessoas nesta quinta-feira, 15, na região de Campinas, interior de São Paulo, durante a operação denominada "Quebra Nozes".

Em uma das ocorrências, um supermercado do Jardim Eulina, foi autuado por disponibilizar para a venda cerca de 800 quilos de produtos vencidos. O proprietário do local foi preso em flagrante e o estabelecimento lacrado pela Vigilância Sanitária. Uma fábrica clandestina de pneus também foi localizada. A polícia apreendeu 80 pneus e prendeu o proprietário da fábrica.

No total, foram apreendidos quase 10 quilos de drogas, 13 armas de fogo, 305 munições, 88 máquinas de jogo de azar, e capturado um procurado da justiça acusado de latrocínio no ano de 2009 no município de Monte Mor. A ação mobilizou 500 policiais.

Mais conteúdo sobre:
presos Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.