Operação policial prende 6 procurados pela justiça na Baixada Santista

GOE realiza semanalmente essas incursões, mas optou por atuar nesta quinta, 29, no Guarujá devido onda de violência que atingiu cidade na semana passada

Rejane Lima, de O Estado de S. Paulo

29 Abril 2010 | 16h46

SANTOS - Uma operação especial realizada nesta quinta-feira, 29, pela Polícia Civil prendeu seis procurados pela Justiça hoje no Guarujá, na Baixada Santista. Liderados pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) do Deinter 6, entre 70 e 80 policiais apreenderam entorpecentes, uma arma de brinquedo e um veículo roubado.

 

A ação aconteceu entre às 6h e às 11h da manhã e contou com a participação de policiais civis do GOE e de delegacias de Santos e Guarujá. De acordo com o investigador chefe em exercício do Guarujá, Rodrigo Santos, entre os capturados, um homem é condenado por furto, outro um tem prisão preventiva pelo crime de roubo e os quatro demais possuem mandato de prisão administrativa por descumprimento de obrigação alimentar, o não pagamento de pensão alimentícia.

 

Entre os entorpecentes, a polícia apreendeu 108 flaconetes de cocaína e uma porção de maconha. "A droga estava m dois lugares, 17 flaconetes de cocaína e a maconha estavam na Santa Rosa (bairro) e 91 flaconetes na Prainha", disse Rodrigo. Na favela da Prainha, em Vicente de Carvalho, também foi apreendida uma pistola de brinquedo.

 

"A operação foi excelente, de muito êxito", disse a investigadora encarregada do setor de inteligência do GOE, Darcle Borstnez, lembrando que um Scort roubado na semana anterior em Santos foi apreendido e outros 150 veículos pesquisados.

 

Segundo a investigadora, o GOE realiza semanalmente essas incursões, mas que optou por atuar nesta quinta-feira no Guarujá por causa da onda de violência que atingiu a cidade na semana passada. "Mas vamos fazer em outras cidades da região em breve", alertou Darcle.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.