1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ônibus escolares circulam com escolta após incêndio em coletivos em Tatuí

José Maria Tomazela - O Estado de S. Paulo

20 Fevereiro 2014 | 11h 53

Ao menos dez pessoas teriam colocado fogo em dois ônibus entre a noite de quarta e a madrugada desta quinta; ação seria represália contra a morte de adolescente pela PM

SOROCABA - Ônibus escolares passaram a circular com escolta da Guarda Municipal em Tatuí, região de Sorocaba, depois de dois ônibus serem incendiados na cidade entre a noite de quarta-feira e a madrugada desta quinta-feira 20. Os ataques ocorreram horas depois da morte de um adolescente de 17 anos, em troca de tiros com a Polícia Militar. Um terceiro ônibus foi alvo de depredação, mas os vândalos não conseguiram atear fogo.

Os veículos estavam vazios e não há registro de feridos, segundo informações da Polícia Civil. A polícia suspeita que os ataques tenham tido relação com a morte do adolescente, acusado de uma tentativa de furto. Os dois casos ocorreram no Jardim Santa Angélica, onde o adolescente foi baleado, após trocar tiros com a Polícia Militar, e no Jardim Gonzaga, bairro vizinho.

Um dos ônibus incendiados estava estacionado numa rua e seria usado para o transporte de trabalhadores de uma empresa, logo pela manhã. O outro coletivo queimado é da empresa Rosa, concessionária do serviço de transporte na cidade. Nos dois casos, os bombeiros foram chamados, mas não conseguiram impedir a queima total dos veículos. Pelo menos dez pessoas teriam participado dos ataques, mas ninguém foi detido. Policiais reforçaram o policiamento no bairro.