1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ônibus e caminhão são queimados após PM balear suposto assaltante

O Estado de S.Paulo

07 Abril 2014 | 02h 00

A Polícia Militar usou bombas de gás e efeito moral para dispersar os manifestantes

SÃO PAULO - Dois ônibus e um caminhão foram queimados em um protesto em Sapopemba, na zona leste de São Paulo, após a Polícia Militar balear um suposto assaltante. Segundo a PM, o homem estava conduzindo uma moto roubada e reagiu a tiros à abordagem. No tiroteio, foi atingido.

O caso aconteceu por volta das 16 horas deste domingo Enquanto esperavam socorro médico, os PMs foram atacados com pedras. A PM usou bombas de gás e efeito moral para dispersar os manifestantes. O baleado foi levado ao hospital por moradores.

Por volta das 20 horas, um protesto fechou a Rodovia Fernão Dias, em Guarulhos. O ato ocorreu também após uma ação da PM, que não divulgou a causa do protesto. Às 22h a pista já estava liberada.