1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ônibus atropela seis na Rodoviária do Tietê; um morre e motorista é preso

Daniel Trielli - O Estado de S. Paulo

17 Fevereiro 2014 | 00h 11

Os feridos foram levados para os prontos-socorros da Santa Casa e do Hospital do Mandaqui

Atualizado às 10h09.

SÃO PAULO - O motorista da Viação Itapemirim Paulo Sérgio da Silva, de 57 anos, que estava conduzindo o ônibus que atropelou e matou uma mulher no Terminal Rodoviário do Tietê, na zona norte da capital paulista, e feriu outra cinco, foi preso em flagrante na noite de domingo, 16. O veículo invadiu a plataforma de embarque, por volta das 23h30.

A vítima fatal é Shirlei Aparecida Ângelo Mendes, de 48 anos, que aguardava familiares desembarcarem. Outras cinco pessoas se machucaram e foram levadas para prontos-socorros da Santa Casa e do Hospital do Mandaqui.

Segundo a Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP), ao estacionar o ônibus na faixa de embarque de número 27, o motorista perdeu o controle do veículo e subiu na calçada, atingindo as vítimas contra uma barreira de proteção. O Samu chegou a prestar socorro, mas Shirley morreu local.

Paulo Sérgio foi preso em flagrante, e o caso foi foi registrado no 20.º Distrito Policial (Água Fria) como homicídio culposo na direção de veículo automotor e lesão corporal culposo na direção de veículo automotor, além de choque.

Este é o terceiro acidente envolvendo ônibus nos últimos cinco dias na cidade de São Paulo. Ao todo três pessoas morreram e ao menos 59 pessoas ficaram feridas.

No fim da manhã de sábado, 15, pelo menos 45 pessoas ficaram feridas em acidente envolvendo dois ônibus na Avenida Nações Unidas, Brooklin, zona sul de São Paulo. Ao menos dois passageiros tiveram ferimentos mais graves, segundo os bombeiros.

Eles receberam os primeiros socorros no local do acidente e foram levadas para o Pronto Socorro do Hospital Municipal Campo Limpo. Os outros feridos foram levados para a Santa Casa e para os hospitais Jabaquara, Mandaqui e Leforte.

Na quarta-feira, 12, um ônibus biarticulado que trafegava no corredor exclusivo da Avenida Vereador José Diniz, na zona sul de São Paulo, não conseguiu frear. O veículo subiu sobre um Corolla preto e ainda colidiu contra outro ônibus articulado que estava à frente e ainda atingiu um taxi. Duas pessoas, um executivo francês e um taxista, morreram. Outras nove pessoas ficaram feridas.