O apogeu do homem traído!

Cabeça feita

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

12 Julho 2012 | 03h02

Com a empresa de Eike Batista cuidando do planejamento estratégico da carreira de Neymar, o jogador não precisará mais se preocupar nem com o penteado. O empresário, como se sabe, é especialista em topete!

A briga do século

Lula recebeu com tranquilidade a notícia de que FHC foi o primeiro intelectual da América Latina a ganhar o Prêmio John W. Kluge, concedido pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, mas avisou: "Vai ter forra!"

Tédio danado

O prefeito Gilberto Kassab está doido para arrumar uma encrenca nova. Nesta semana, ele mandou proibir a feira livre de domingo na Praça Roosevelt e intervir no diretório do PSD em BH. Cansou de brigar com camelô da 25 de Março!

Graças a Deus!

A Igreja Católica acaba de recuperar a atriz Katie Holmes da Cientologia! É a primeira vitória importante do Vaticano neste século!

Gota d'água

A citação de Ivan Lins - depois de Fernando Pessoa e Martin Luther King, usados de véspera pela defesa - pode ter sido decisiva na cassação de Demóstenes Torres.

Mal comparando

De Joel Santana comentando o bom português de Seedorf na sua chegada ao Botafogo: "Assim é fácil! Quero ver ele dar entrevistas em inglês!"

Quando a fabulosa Andressa Mendonça largou o casamento com o primeiro-suplente de Demóstenes Torres no Senado para viver com Carlinhos Cachoeira, Wilder Morais jamais poderia imaginar que um ano e pouco depois ele seria o único personagem dessa história com possibilidade de final feliz.

O empresário tem nas mãos, além de muito dinheiro, a chance de entrar para a história como o senador da República que virou símbolo do apogeu do ex-marido traído.

É a primeira vez que alguém nessas circunstâncias, ainda mais em Goiânia, ri à toa! Parece que, amigos e negócios à parte, o sujeito tem pelo menos a virtude de não se levar muito a sério. Prova disso seriam as piadas que, garantem seus assessores, vem cultivando há meses sobre a suposta sociedade conjugal com Cachoeira nos idos de 2011.

Reza a lenda que ele quase se escangalhou de rir no dia em que leu a nota "Wilder nunca poderá alegar que não recebeu nada do bicheiro. Está na testa", publicada na coluna de Jorge Bastos Moreno, no Globo.

Se chegar ao Senado com esse espírito, talvez escape da chatice de ficar explicando o tempo todo por que omitiu parte de seu imenso patrimônio na declaração de bens ao TSE. Poupe-nos!

Já ganhou!

Bianca Giacoia, nova candidata a primeira-dama na chapa de Aécio Neves, já teria até a bênção de FHC, mas precisa ainda se submeter a uma espécie de prévia do PSDB, com os prós e contras habituais dos

grupos ligados ao Serra e ao Alckmin. Sorte da socialite mineira ter escolhido

Paris para viver os

últimos tempos: não há

lugar melhor para se aprender a lidar com gente chata!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.