Nova Corregedoria abre guerra na polícia

A prisão dos policiais do Deic é uma ação que revela uma das maiores mudanças ocorridas na Secretaria Segurança Pública no último ano: a recuperação da independência da Corregedoria da Polícia Civil. Decidida pelo governo, a medida despertou uma guerra na instituição. Muitos delegados enxergam na ação de Maria Inês Trefiglio Valente, diretora do órgão, exageros que levariam desprestígio à categoria. Para corregedores, no entanto, quem é contra a nova Corregedoria não reclamava quando o órgão levava anos para apurar escândalos ou quando antigos corregedores eram suspeitos de corrupção e até de manter funcionários fantasmas.

Cenário: Marcelo Godoy, O Estado de S.Paulo

14 Abril 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.