No começo, Prefeitura não vai multar

O Departamento de Transporte Público (DTP) da Prefeitura de São Paulo diz que a fiscalização sobre as novas regras vai começar no prazo determinado por Brasília, no próximo dia 4, e que terá participação de agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) da Polícia Militar. Mas diz que, por ora, as ações terão "caráter educativo". O órgão, no entanto, não detalhou o motivo nem a duração do período educativo, sem multas.

O Estado de S.Paulo

23 Julho 2012 | 03h02

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), por sua vez, informou que vai analisar eventuais denúncias de que as novas regras não estão sendo colocadas em prática nos Estados e municípios.

Em nota, o DTP informou que desde a edição das portarias do Contran, em novembro, foram emitidos 531 Condumotos. A cidade já tinha, graças a legislações antigas, 17.011 cidadãos cadastrados como motoboys.

Educação. No começo do ano, a CET havia prometido construir, a partir do segundo semestre, um grande centro para educação de motociclistas na capital: o Centro Educacional Paulistano de Motociclistas (Cepam).

A Prefeitura, no entanto, ainda não tem a data exata para o início do projeto. "As obras terão início em breve, logo após a fase de estudos para as necessárias adequações do espaço onde o Cepam será criado", explica o Departamento de Transporte Público, por meio de nota. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.