1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Nível de água do Cantareira sobe pelo 38º dia consecutivo

- Atualizado: 09 Janeiro 2016 | 12h 15

Principal manancial de abastecimento da capital paulista e da Grande São Paulo opera com 32,2% da capacidade neste sábado

SÃO PAULO - O nível de água dos reservatórios do Sistema Cantareira, o principal manancial de abastecimento da capital paulista e da Grande São Paulo, subiu pelo 38º dia consecutivo.

De acordo com a Companhia de Abastecimento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o sistema opera com 32,2% de sua capacidade neste sábado, 9, ante 32% do volume registrado no dia anterior. Esse porcentual considera as duas cotas do volume morto como se fossem volume útil do sistema.

Apesar das recentes altas, a situação ainda é preocupante no Sistema Cantareira

Apesar das recentes altas, a situação ainda é preocupante no Sistema Cantareira

Nas últimas 24 horas, o Sistema Cantareira captou 8,3 milímetros de água das chuvas. Em janeiro, a pluviometria acumula 45 milímetros. O Cantareira é responsável por abastecer 5,2 milhões de pessoas.

Outros mananciais. Dos outros cinco sistemas de abastecimento administrados pela Sabesp, um apresentou alta do nível dos reservatórios, outro ficou estável e três caíram. O Sistema Alto Cotia apresentou uma elevação de 90,5% na sexta-feira, 8, para 91% neste sábado.

Já o Sistema Alto Tietê está neste sábado com 25,1% da sua capacidade, a mesma da sexta-feira. Por sua vez, o Guarapiranga opera com 82,4% do seu volume total, abaixo dos 82,7% registrados no dia anterior.

O Rio Grande caiu no período, de 92,5% para 92,2%, enquanto o Rio Claro também teve redução, de 74,2% para 73,9%.

Tipos de água e seus benefícios para a saúde
Ricardo Bernardo
Água

Ferruginosa Ajuda a combater anemia e estimula o apetite. É indicada para parasitoses. Fonte: Abinam

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em São PauloX