Na 1ª semana, 39% dos valets são multados

Na primeira semana de fiscalização das novas regras dos valets, a Secretaria de Finanças autuou 25 empresas da capital que não usavam os cupons. O valor total das multas foi de R$ 107,358 mil. Foram visitados 64 estabelecimentos nos bairros dos Jardins, Itaim-Bibi, Vila Mariana e Vila Olímpia, na zona sul, e Vila Madalena, na zona oeste. A secretaria afirma que na próxima semana vai fiscalizar outras regiões da capital.

JULIANA DEODORO, O Estado de S.Paulo

07 Julho 2012 | 03h02

Para o subsecretário de Finanças, Ronílson Bezerra Rodrigues, o resultado foi surpreendente. "Mais de 550 empresas de valet, das 900 cadastradas pela Prefeitura, já pediram os cupons, um número muito bom. Eu esperava menos de 300."

Segundo Rodrigues, a maior parte das empresas autuadas já havia pedido os cupons, mas não fez a solicitação no tempo correto. Depois que o pedido dos talões é feito, a Prefeitura tem até 12 dias para emiti-los. O sistema está disponível desde 1.º de junho e a fiscalização começou na primeira semana deste mês.

Serviços de valet pagam multa de R$ 639 para cada carro encontrado sem o novo talão. A falta do cartão é considerada corresponsabilidade do valet e do restaurante. Se a multa não é paga, as duas empresas podem ser inscritas na dívida ativa da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.