1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Multa para quem consumir mais será definida hoje

O Estado de S.Paulo

06 Maio 2014 | 02h 05

A Procuradoria-Geral do Estado decide hoje se aprova ou não a multa de 30% para os clientes da Sabesp que aumentarem o consumo de água na Grande São Paulo. A proposta feita pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) recebeu aval da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) e foi enviada ontem para o subprocurador Fábio Teixeira Rezende. Se aprovada, a sobretaxa pode vir na conta de junho, ou seja, quem gastar mais água neste mês do que na média mensal de 2013 pagará multa. Entidades de defesa do consumidor dizem que a cobrança é inconstitucional e ameaçam ir à Justiça.

Ontem, Alckmin assinou uma parceria com a Associação Paulista de Supermercados (Apas) para que as 8 mil lojas da Região Metropolitana reduzam o gasto de água e façam campanha educativa com funcionários e consumidores. O governador disse ainda que o uso do volume morto do Sistema Cantareira, com início previsto para 15 de maio, deve garantir o abastecimento até março de 2015. "Aí vêm as chuvas e as represas se recuperam rapidamente", disse. / FABIO LEITE

  • Tags: