Mulher recebe R$ 93 mil por disparo em banco

A 2.ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu indenização de R$ 93.330 por danos morais a uma cliente atingida por disparo de arma de fogo em uma agência bancária de São Bernardo do Campo. No tiroteio entre assaltantes e seguranças, uma bala atingiu seu pé esquerdo. O TJ-SP entendeu, em recurso, que a conduta dos bandidos não é excludente de responsabilidade do banco.

O Estado de S.Paulo

18 Julho 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.