Motorista embriagado atropela mãe e filha em Sorocaba

Após acidente, homem fugiu sem prestar socorro, mas foi alcançado pelos policiais; vítimas se feriram e foram levadas para hospital

José Maria Tomazela, de O Estado de S. Paulo

29 Abril 2010 | 17h36

SOROCABA - Um motorista embriagado atropelou e feriu gravemente uma mulher e a filha de 4 anos, nesta quinta-feira, 29, em Sorocaba. O acidente aconteceu numa movimentada avenida, no bairro do Éden, zona norte da cidade.

 

De acordo com a Polícia Militar, o motorista Rubens Silvério Paes, de 51 anos, estava em alta velocidade. Seu carro atingiu Juliana Oliveira de Moraes, de 24 anos, e a criança, quando estas caminhavam no meio-fio. Mãe e filha se feriram e foram levadas para o Hospital Regional. A mulher teve uma fratura na perna e a menina quebrou um braço.

 

Após o acidente, o motorista fugiu sem prestar socorro, mas foi alcançado pelos policiais. Ele usava carteira de habilitação vencida. O teste do bafômetro mostrou que Paes dirigia embriagado. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia e autuado em flagrante. A fiança no valor de R$ 1 mil só foi paga depois que ele foi transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP).

 

Foi o quarto caso de motorista detido por embriaguez ao volante na cidade em menos de uma semana. No domingo, dois homens foram liberados após pagar fiança. Um advogado, visivelmente embriagado, negou-se a soprar o bafômetro e não foi preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.