Na contramão, carro em fuga mata motociclista na Vila Madalena

Andréia Santana Freire, de 29 anos, foi surpreendida por um veículo na contramão da Rua Natingui; ela foi socorrida, mas não resistiu

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

09 Julho 2015 | 12h01

SÃO PAULO - Uma motociclista morreu após ser atingida de frente por um carro em fuga na Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, na noite desta quarta-feira, 8. Segundo informações da Polícia Civil, o veículo havia sido roubado minutos antes e trafegava em alta velocidade na contramão. O criminoso fugiu do local mesmo com o carro em chamas.

Aos policiais, uma testemunha relatou que Andréia Santana Freire, de 29 anos, dirigia sua moto, uma Honda Biz 100, na Rua Natingui, sentido Rua Pedroso de Morais, por volta das 19h20, quando foi surpreendida por um Chevrolet Sonic na contramão. A vítima bateu no retrovisor do carro e foi arremessada para o asfalto. A motociclista chegou a ser socorrida ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu.

Após a colisão, o motorista engatou a marcha à ré e fugiu com o veículo em chamas. O carro foi encontrado batido em uma árvore, a cerca de 500 metros do local do acidente, mas o criminoso já havia fugido.

Os policiais descobriram que o veículo havia sido roubado de um casal cerca de 20 minutos antes do acidente, na Rua Girassol, também na Vila Madalena. O proprietário, um bancário de 37 anos, contou  que estava com a namorada parado no trânsito quando foi abordado pelo bandido.

Segundo relata, o criminoso simulou que estava armado e mandou que o casal saísse do carro. Depois, saiu em disparada. O carro foi devolvido pra o bancário.  

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.