Mortes em rodovias paulistas quase triplicam no feriado

Registros de embriaguez e índice de pessoas feridas também aumentaram em relação a Finados de 2007

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

03 Novembro 2009 | 09h30

O número de mortos nas rodovias paulistas no feriado de Finados aumentou 167% em relação ao contabilizado em 2007, segundo balanço da Secretaria Estadual de Transportes divulgado nesta terça-feira, 3. Quarenta e cinco pessoas morreram e 666 ficaram feridas. Foram registrados 1.068 acidentes.

 

A comparação é feita com 2007, pois em 2008 o feriado de Finados caiu durante o final de semana. Segundo o balanço, o índice de vítimas feridas nas estradas paulistas aumentou de 69,1 para 69,8 e o índice de acidentes caiu de 1,2 para 1,1.

 

A Secretaria de Transportes não forneceu o número de mortos nas estradas paulistas no feriado de 2007, porém reportagem do estadao.com.br informa que foram contabilizadas, na época, 17 mortes, número quase três vezes menor que o deste ano.

  

Multas

 

O balanço revela que foram lavradas 14.653 autuações por infrações de trânsito diversas em todo o Estado e apreendidos 873 veículos, 293 carteiras de habilitação e 2.321 documentos de veículos por irregularidades.

 

Também foram registrados 60 casos de embriaguez, contra 18 em 2007 (aumento de 233%), e apreendidos nas estradas 10,4 kg de cocaína e 4,4 kg de maconha.

 

Texto atualizado às 11h20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.