Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Morre delegado baleado por escrivão em Diadema

Corpo será velado na Academia de Polícia do Butantã; ele foi baleado no abdome na tarde de segunda-feira

Daniela do Canto e Paulo Maciel, estadão.com.br

07 Abril 2009 | 02h24

Morreu na noite desta segunda-feira, 6, o delegado Ricardo Jean Maluf, 49 anos, que estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Público de Diadema. Segundo funcionários do hospital, o delegado morreu às 22h30.

 

Veja também:

linkSSP: escrivão atira em delegado em delegacia de SP

 

O corpo do delegado Ricardo Jean Maluf seguiu para o IML por volta da 1h30. Depois será velado na Academia de Polícia do Butantã, na zona oeste de São Paulo.

 

O delegado, titular da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) da cidade, foi baleado no abdome na tarde desta segunda-feira, 6, pelo escrivão Henrique Dejol. O crime ocorreu após uma discussão provocada pelo desaparecimento de um cheque.

Mais conteúdo sobre:
crime violência escrivão delegado SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.