Garbriela Biló/Estadão
Garbriela Biló/Estadão

Metrô de São Paulo começa a operar máquinas de venda de bilhetes

Com o sistema, será possível comprar bilhetes com dinheiro em espécie com troco máximo de R$ 10.

Daniel Weterman , O Estado de S.Paulo

23 Março 2018 | 13h41

O Metrô de São Paulo colocou em operação nesta sexta-feira, 23, equipamentos de venda de bilhetes unitários em autoatendimento em cinco estações da Linha 2- Verde, na capital paulista. 

+ Metrô inaugura Estação Eucaliptos na Linha 5-Lilás

Com o sistema, será possível comprar bilhetes com dinheiro em espécie com troco máximo de R$ 10. O governo promete que até julho deste ano serão disponibilizados 150 equipamentos em todas as estações do metrô nas linhas 1- Azul, 2-Verde e 3-Vermelha.

O secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni , afirmou que há propostas para disponibilizar pagamento em cartão nas máquinas a partir do ano que vem. "O usuário poderá comprar até três bilhetes em cada operação e, se precisar de mais, fazer uma nova compra", esclareceu. Os bilhetes poderão ser usados em qualquer estação do sistema.

O investimento é de R$ 24 milhões financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) era aguardado na manhã desta sexta para a cerimônia de início da operação das máquinas, na estação Clínicas, mas não chegou a tempo devido à agenda anterior, em Rio das Pedras, de acordo com sua assessoria.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.