Metrô aumenta o número de trens durante a Parada Gay

Companhia recomenda que público utilize estações Consolação e Brigadeiro, devido ao maior tamanho

13 Junho 2009 | 11h32

O Metrô vai reforçar o número de trens em circulação na Linha 2-Verde neste domingo, 14, durante a 13ª edição da Parada do Orgulho GLBT. Para atender à demanda que se deslocará para as regiões da avenida Paulista e Praça da República, a Linha 2 terá oito trens em circulação pela manhã, 12 no período da tarde e oito à noite, realizando 615 viagens.

 

O Metrô vai reforçar também o esquema de segurança, com o aumento do número de funcionários nas estações de maior movimento como Paraíso, Brigadeiro, Trianon-Masp, Consolação, República e Sé.

 

A companhia recomenda que os participantes de Parada utilizem preferencialmente as estações Consolação e Brigadeiro que, por suas dimensões, proporcionam mais conforto aos usuários nos momentos do embarque e desembarque.

 

Para agilizar as viagens, o Metrô recomenda aos usuários a compra antecipada de bilhetes ou recarregamento prévio do Bilhete Único. Além disso, há a opção da utilização do Bilhete Lazer - 10 viagens (cartão que dá um benefício exclusivo para os finais de semana, a partir das 18h de sábado até o final da operação de domingo), no valor de R$ 21,50. Cada viagem sai por R$ 2,15, preço inferior ao custo do bilhete unitário.

 

Segunda-feira

 

Na próxima segunda-feira, 15,o Metrô também vai antecipar o início da operação comercial para facilitar o retorno das pessoas que viajaram durante o feriado de Corpus Christi. Isso acontecerá nas linhas 1 e 3, que funcionarão a partir das 4 horas e na Linha 2, com previsão de início para as 4h30.

Mais conteúdo sobre:
Parada Gay Metrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.