Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Mercadão: aulas de idioma para a Copa do Mundo

Parceria com PUC ensina inglês, francês e espanhol

FELIPE FRAZÃO, O Estado de S. Paulo

07 Dezembro 2011 | 03h03

Por enquanto, a maioria dos 2,6 mil feirantes e funcionários do Mercado Municipal faz como Marcos Sousa, de 31 anos, garçom do restaurante Terra Mar, para atender os turistas estrangeiros: "Vai no gesticulation mesmo." Como ele - há seis anos no Mercadão -, vendedores das bancas de frutas típicas e exóticas, das peixarias e dos empórios têm dificuldade de explicar o sabor de cada uma das especiarias dali. E até de dizer o preço. Mas tarefas como descrever pratos e até os ingredientes do tradicional virado à paulista devem ficar mais fáceis.

Uma parceria da São Paulo Turismo (SPTuris) com a Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo permite que parte deles aprenda a trocar palavras em inglês, francês e espanhol. Nada muito profundo. São apenas noções básicas dos três idiomas que recebem de professores da universidade.

As turmas de inglês já estão funcionando desde o dia 29 em uma sala de aula no Mercadão. Caixas e garçons dos restaurantes e bares do mezanino começaram primeiro. O curso destina-se também aos funcionários dos 272 boxes do andar térreo, além dos vigias.

As aulas poderão continuar até 2013. E, a depender da demanda dos alunos, novas turmas serão abertas - são 20 estudantes em cada. Há possibilidade ainda de serem abertas turmas de italiano e alemão.

Custo. A parceria não tem custo para o governo municipal, diz a SPTuris. A PUC, como contrapartida, poderá veicular sua marca nas bandeirinhas que sinalizarão os estabelecimentos bilíngues. O programa visa à Copa do Mundo de 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.