1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Carnaval 2012

Magrinhas ameaçam reinado das 'popozudas' no carnaval

Roberta Pennafort - O Estado de S.Paulo

17 Fevereiro 2012 | 03h 04

Sem 'coxas de jogador' nem litros de silicone, modelos e atrizes ganham espaço na Sapucaí

RIO - No carnaval, antiguidade nem sempre é posto. Especialmente se o posto for de rainha de bateria. Neste ano, a Sapucaí verá novos rebolados, de mulheres mais identificadas com a TV do que com a folia. Os mais observadores vão perceber uma característica curiosa: depois de anos de reinado das supermalhadas e das calipígias, as magrinhas terão destaque no sambódromo.

Penando para manter os 56 quilos recém-conquistados, a apresentadora Ana Furtado, de 1,73 metro, ganhou a coroa da Grande Rio por ter ajudado a escola depois do incêndio devastador de 2011. Bumbum pequeno, pernas finas, autodeclarada "100% original de fábrica", a estreante já participou de 17 ensaios, e a cada um periga emagrecer 1,5 quilo. "Nunca comi tanto macarrão na minha vida! Estou me esforçando, encarando o carnaval como uma maratona."

Os maledicentes dizem que Ana só estará ali por ser mulher de Boninho, o poderoso diretor da TV Globo. Antonia Fontenelle - que ocupa o lugar que nos anos 80 foi da primeira das rainhas, Monique Evans, magrinha e sem silicone - é outra que enfrenta críticas. Ela é mulher do diretor Marcos Paulo.

A modelo Flávia Piana, miss Mato Grosso do Sul, estreia no Império Serrano. Atriz da Globo, a gaúcha Sheron Menezes, também da ala das fininhas, sai pela segunda vez na Portela. Ela tenta explicar a "tendência". "É que a gente trabalha o corpo para a TV, e TV engorda." Nenhuma das quatro é exímia passista. Mas a função, que rende apenas charme, mas não pontos às escolas, nunca exigiu muita destreza. Luiza Brunet se ancora há 17 anos na beleza e no carisma; samba, que é bom...

Ela defende a democracia no carnaval. "Branquela, sarada, bombada... O importante é não trocar de escola, não pode ser como jogador de futebol", prega a rainha da Imperatriz.

A preferida de Luiza - que faz 50 anos em maio e sonha ter como herdeira a filha Yasmin, sequinha por ser modelo - é Viviane Araújo. No Salgueiro desde 2008, ela tem coxas de jogador de futebol. No quesito "cabrocha popozuda e leal" ganha Raíssa Oliveira, desde os 12 anos rainha da Beija-Flor. Também de medidas avantajadas, Milene Nogueira, mulher do sambista Diogo Nogueira, debuta como musa do Salgueiro.

O estilista Carlinhos Barzellai, que prepara as fantasias de Ana Furtado e das top models/apresentadoras Ana Hickmann e Fernanda Motta, ambas destaque da Grande Rio, defende o estilo menos corpulento: "A rainha tem de ser alinhada. E não precisa sambar".

Atrizes e modelos aparecem comportadas, enquanto as que se dedicam aos desfiles têm menos pudores. As saradas Gracyanne Barbosa, da Tijuca, e Sabrina Sato, da Vila Isabel, são do grupo que não precisa se preocupar com a celulite nem com a reputação. "Para Gracyanne fiz um microbiquíni. Ela tem de mostrar aquela bunda linda!", brinca o estilista Luís Fernando Gomes.

Carnaval 2012