Lei Cinderela de Botequim

Lei Cinderela de Botequim

A Câmara Municipal de São Paulo deve votar na semana que vem um projeto de lei que proíbe o funcionamento de bares após a meia-noite para assegurar o horário de silêncio na maior cidade do País. Pela lógica da coisa, o próximo passo do Legislativo municipal será fechar os estádios de futebol ao público para não dar chance à praga das torcidas organizadas. Existe também a ideia de proibir os feriadões para acabar com engarrafamentos nas estradas, mas ninguém é louco de confirmar um troço desses em ano eleitoral.

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

03 Abril 2010 | 00h00

O raciocínio de causa e efeito fundamentado pelo vereador Jooji Hato, autor da Lei Cinderela de Botequim, induz a gente a pensar numa série de ações preventivas do mal pela raiz. Será que haveria Big Brother se as TVs abertas fossem obrigadas a sair do ar às 22h? Imagina quantos afogamentos seriam evitados se as praias fossem, ao menos nos fins de semana de sol no litoral, vetadas a banhistas!

Já deve ter político pensando em fechar escola para coibir o bulying. Uma lei proibindo motos para acabar com os atropelamentos de motoboys também pode estar a caminho. Os caras só pensam nisso! Se pudessem, proibiam as chuvas para dar fim às enchentes.

Lei seca eleitoral

Se Lula continuar ironizando as multas que vem tomando por campanha antecipada, o TSE vai acabar apelando pro bafômetro.

Melancia é uma ova!

Sabe a Cacau do BBB? Besuntada de chocolate nas páginas da Playboy, ela virou uma espécie de "Mulher Ovos de Páscoa". Os dela, como se sabe, são atrás!

Barba, cabelo e bigode

Amigos de Henrique Meirelles estão eufóricos. Ao decidir ficar no Banco Central, ele se livrou da possibilidade de vir a ser representante da bancada do PMDB no Senado, governador de Goiás ou vice da Dilma. Três coelhos com uma cajadada só!

Fenômeno da Astrologia

O reencontro de Ronaldo com o gol no jogo de quinta-feira, contra

o Cerro Porteño, estava escritonas estrelas. Com Vênus e Marte em quadratura e a Lua minguante transitando por Escorpião, francamente, até eu entraria com bola e tudo naquele lance!

Politicamente correta

E a Maitê Proença, hein?! Um dia está no Haiti, no outro aparece no bota-fora do Aécio Neves em Belo Horizonte... Vai acabar tomando o lugar da Christiane Torloni na luta em defesa da Amazônia. A morena que não abra o olho pra ver só!

Marca registrada

Perguntado sobre os problemas de relacionamento entre Deborah Secco e Roger Flores, o chanceler Celso Amorim reafirmou que "em briga de jacu, inhambu não entra". Mesmo sabendo que, no caso, jacu votou 3 mil vezes no Dourado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.