Ladrões tomam carro de família na subida da Imigrantes

Veículo onde estavam mãe e filha foi abordado no viaduto que dá acesso à pista norte da Rodovia, em Cubatão; menina ia prestar segunda fase do vestibular da Unesp

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

13 Dezembro 2015 | 14h50

SOROCABA – Mãe a filha foram atacadas por criminosos quando subiam de carro a Rodovia dos Imigrantes, de Santos para São Paulo, na manhã deste domingo, 13. A mulher, uma dona de casa de 51 anos que pediu para não ser identificada, levava a filha de 19 anos para prestar a segunda fase do vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp), na capital, quando o carro em que viajavam foi interceptado pelos bandidos.

A abordagem ocorreu no viaduto que dá acesso à pista norte da Imigrantes, em Cubatão. Um carro tomou a frente da Honda CRV dirigida pela mulher e a obrigou a parar. Três homens desceram do veículo com armas nas mãos e obrigaram mãe e filha a entregarem os pertences. Em seguida, fizeram com que as duas descessem do veículo e fugiram em alta velocidade, seguidos pelo outro carro em que estava dois comparsas. No acostamento da pista, elas pediram ajuda e foram levadas até a base da Polícia Militar Rodoviária.

Outros policiais foram alertados e abordaram os criminosos numa balança de pesagem. Houve troca de tiros e um policial foi atropelado pelos bandidos em fuga. Ele foi socorrido e passa bem. O carro da família foi abandonado próximo da Ilha do Caraguatá, no km 62 da rodovia. Parte dos pertences das vítimas estava no interior do automóvel.

Os bandidos levaram uma aliança da mulher e o celular da filha. Um helicóptero da Polícia Militar fez buscas na região, mas até o inicio da tarde, ninguém tinha sido preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.