Ladrões matam cachorro para furtar casa em Ourinhos

Pit bull foi morto a pauladas e depois pendurado pelo pescoço ao portão da residência onde vivia

Sandro Villar, Especial para O Estado de S. Paulo

26 Abril 2014 | 12h10

PRESIDENTE PRUDENTE - Ladrões mataram no fim da tarde de sexta-feira, 25, um cachorro pit bull para furtar uma casa no Jardim Cristal, em Ourinhos, no interior paulista. O cão foi morto a pauladas e teve o corpo pendurado pelo pescoço no portão, amarrado por um fio, segundo a Polícia Militar. De acordo com a corporação, dois homens invadiram a residência.

Eles também tentaram cortar a cabeça do cachorro. O cachorro avançou contra os assaltantes que, ameaçados, feriram o animal com pauladas "por todo o corpo", de acordo com um porta-voz da PM, que aceitou falar ao Estado desde que seu nome não fosse divulgado. "O cachorro defendeu a residência na ausência dos moradores, que estavam trabalhando quando a casa foi invadida", explica o policial.

A morte cruel do pit bull chocou os moradores de Ourinhos. "Causou revolta, é muita crueldade", diz o porta-voz. Os ladrões furtaram vários objetos da casa, como tênis, bonés e camisetas. Ao menos um dos criminosos é adolescente, segundo o policial. Até agora, nenhum suspeito foi preso.

Mais conteúdo sobre:
Ourinhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.