1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Jundiaí se mobiliza para achar novo milionário da Mega Sena

- Atualizado: 01 Março 2016 | 14h 41

Apostador da cidade ganhou R$ 17 milhões, mas quase um mês depois do sorteio ainda não se apresentou para receber o prêmio

SOROCABA - O apostador que ganhou R$ 17 milhões na Mega Sena sorteada no dia 4 de fevereiro não tinha se apresentado para sacar a bolada da aposta, feita em uma lotérica de Jundiaí, no interior de São Paulo, até a tarde desta terça-feira, 1º. Na cidade, a ausência do felizardo quase um mês depois do sorteio causa expectativa.

"Muita gente acha que ele esqueceu de conferir o bilhete, mas há quem diga que ele só vem no último dia do prazo", conta a comerciante Célia Regina Sonoda, dona da lotérica Jundiaí da Sorte, onde foi feita a aposta.

O sorteado tem 90 dias corridos para reclamar o prêmio, segundo o regulamento da Caixa Econômica Federal, administradora da Mega Sena

O sorteado tem 90 dias corridos para reclamar o prêmio, segundo o regulamento da Caixa Econômica Federal, administradora da Mega Sena

O sorteado tem 90 dias corridos para reclamar o prêmio, segundo o regulamento da Caixa Econômica Federal, administradora da loteria. O problema é que, enquanto não fizer isso, o dinheiro não rende juros ou correção monetária.

"Ele já perdeu pelo menos R$ 80 mil", diz Célia Regina, considerando a perda do valor do dinheiro para a inflação e o que deixou de ganhar se tivesse aplicado na poupança, o rendimento mais básico. Já se tivesse feito uma aplicação mais ousada no mercado financeiro, o apostador teria acrescido pelo menos R$ 150 mil à sua fortuna, segundo ela.

Para a dona da lotérica, localizada na região do Agapeama, zona sul da cidade, o bilhete premiado já deu lucro. Desde que a Mega Sena saiu para uma aposta feita ali, o movimento praticamente dobrou. "Vem gente de longe para apostar aqui."

Célia Regina diz que, há quatro anos, um apostador da Lotofácil ganhou R$ 300 mil. Ela também se considera pé quente. "Quando eu tinha lotérica em São Paulo, também houve um ganhador de R$ 1,5 milhão."

A cidade também ganha fama pela sorte. Em 2010, um apostador levou R$ 18 milhões. Em fevereiro do ano passado, foi de Jundiaí a aposta que rendeu mais de R$ 29 milhões a um sortudo.

Filas para apostas na maior Mega-Sena da história
Felipe Rau/Estadão
Lotérica em SP

Filas se formaram na loteria Era 2000 Loterias, na Alameda Ministro Rocha de Azevedo, no Jardim Paulista, zona oeste de São Paulo

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em São PauloX