Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Irmãos de 20 e 12 anos são mortos a facadas em Guarujá

Principal tese é que o crime foi cometido porque Nathalia havia terminado o relacionamento com Fernandes. O suspeito pelo duplo homicídio está foragido;

Luiz Alexandre Souza Ventura, especial para o Estado

21 Agosto 2017 | 12h55

SANTOS - Um casal de irmãos foi morto a facadas na manhã deste domingo, 20, no Guarujá, litoral sul de SP.

Nathalia Aparecida dos Santos Silva, de 20 anos, e o irmão dela, Matheus Santos Silva, de 12 anos, foram encontrados dentro de casa pela avó. Segundo a polícia, o principal suspeito pelo duplo homicídio é Matheus Fernandes, de 24 anos, ex-namorado de Nathalia.

As vítimas moravam na Rua Álvaro Leão Carmelo, no Jardim Boa Esperança, no distrito de Vicente de Carvalho. A avó dos irmãos, uma aposentada de 57 anos, contou aos policiais que ouviu um barulho na residência dos netos e, quando foi verificar, viu o suspeito deixando o local. 

No interior do imóvel, ela achou a menina na sala e garoto no quarto. Ambos estavam caídos no chão, ensanguentados e com perfurações pelo corpo. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas os irmãos morreram antes da chegada dos médicos.

A principal tese é que o crime foi cometido porque Nathalia havia terminado o relacionamento com Fernandes, mas ele não aceitava a separação. Familiares das vítimas disseram que os jovens brigavam muito.

Policiais militares vasculharam a residência e encontraram junto ao portão uma mochila que tinha dentro uma faca suja de sangue. A PM descobriu o endereço de do suspeito e foi até o local, onde conversou com a avó do rapaz. A idosa relatou que o neto havia deixado o imóvel pouco tempo antes e que ele apresentava ferimentos na mão.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Guarujá. Matheus Fernandes permanece foragido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.