IPVA fica 9,3% mais barato para 2010 em São Paulo

Queda será de 12,2% para carros, 9,8% para motocicletas, 7,7% para caminhões e 4,1% para ônibus

Ana Bizzotto, O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2009 | 11h32

O Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) terá uma média de queda de 9,3% para ano de 2010, de acordo com os números divulgados nesta terça-feira, 10, pela Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo.

 

Veja também:

especialSaiba como calcular o valor do IPVA 2010 em São Paulo

 

Os veículos de passeio e motos terão uma redução ainda maior. A redução do IPVA para carros será de 12,2% e motocicletas chega a 9,8%, segundo a secretaria. Os caminhões terão retração de 7,7%, os utilitários de 7,5% e ônibus e micro-ônibus terão imposto 4,1% menor. A expectativa da Secretaria é de uma arrecadação de impostos no valor R$ 8,9 bilhões para 2010 e metade da verba será repassada aos municípios.

 

As alíquotas para cálculo do imposto não tiveram alteração, como no ano passado. Assim, carros a gasolina e a biocombustível e picapes com duas cabines terão valor de IPVA calculado com base em 4% do valor de mercado. Já veículos de passeio que usam álcool ou gás pagarão 3% do preço do carro. Utilitários de cabine simples, ônibus, micro-ônibus, tratores e motocicletas pagam 2% sobre o valor venal e caminhões recolhem 1,5%. Veículos com mais de 20 anos de fabricação são isentos do IPVA.

 

Nota fiscal paulista

 

Segundo dados da secretaria, de um total de 4 milhões que aderiram ao Nota fiscal Paulista, 385 mil consumidores preferiram que o crédito adquirido fosse abatido do IPVA. O número é 63,4% maior que em 2008, primeiro ano em que se pôde utilizar o benefício.

  

Mais conteúdo sobre:
IPVA 2010 automoveis imposto SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.