Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

IPTU vai ficar 6% mais caro em São Paulo em 2017

Índice deve ficar abaixo da inflação acumulada do ano - a projeção, ainda não confirmada, é que o IPCA feche em 7,5%

O Estado de S. Paulo

24 Dezembro 2016 | 13h45

A gestão Fernando Haddad (PT) fixou o reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para o ano que vem em 6%. Válido para imóveis residenciais e comerciais, o índice deve ficar abaixo da inflação acumulada do ano - a projeção, ainda não confirmada, é que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) feche em 7,5%. Para o contribuinte que desejar pagar à vista, na primeira data de vencimento, o desconto oferecido em 2017 será de 4%. Como todos os anos, também haverá a possibilidade de se dividir o imposto em até dez prestações. Os boletos devem começar a ser entregues na segunda quinzena de janeiro.

Mais conteúdo sobre:
Fernando Haddad PT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.