Instrução com gás matou 2 na sede da Rota

Instrução com gás matou 2 na sede da Rota

PARA LEMBRAR

, O Estadao de S.Paulo

01 Abril 2010 | 00h00

O soldado Josafá Aparecido da Silva, de 25 anos, e o cabo Adilson Donizeti de Oliveira, de 32, morreram, há 19 anos, de pneumonia química pela inalação de gás lacrimogêneo e fumígeno durante exercício de choque feito no túnel subterrâneo do quartel da Rota, no centro de São Paulo. O treinamento ocorreu no dia 14 de setembro de 1991. Ao todo, 52 PMs participaram da aula, parte do programa de seleção de candidatos a uma vaga no batalhão. Além dos mortos, outros sete PMs ficaram feridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.