Início do inverno tem máxima de 14,3°C, a menor em 12 anos

Frente fria se afasta para o oceano, trazendo muita umidade e vento frio à capital paulista nas próximas horas

Giovana Girardi, O Estado de S. Paulo

21 Junho 2016 | 17h42

SÃO PAULO - Nas primeiras 24 horas do inverno, a temperatura na capital paulista não chegou a baixar aos níveis do final do outono, mas ainda assim já deixou o dia do paulistano bem gelado. A máxima nesta terça-feira, 21, não passou de 14,3°C, a menor em 12 anos para o mês de junho, segundo monitoramento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no Mirante de Santana.

O registro foi feito perto das 15 horas. A menor temperatura máxima antes dessa tinha ocorrido em 13 de junho de 2004, quando os termômetros marcaram 13,8°C.

A máxima desta terça-feira, de acordo com o Inmet, também foi a menor máxima deste ano.  

Considerando-se dias consecutivos (independente do mês do ano), nesta terça foi registrada a menor temperatura máxima desde 14/08/2014, quando se verificou 12,6°C.

Ainda segundo o instituto, uma frente fria se afasta para o oceano, trazendo muita umidade e vento frio à região nas próximas horas.

A manhã desta quarta-feira no Estado terá frio e umidade, com alguns nevoeiros. Áreas de instabilidade devem ganhar força à medida que uma área de baixa pressão em níveis médios da atmosfera se desloca pelo Estado.

O outono, marcado no seu final pela influência de ar frio e seco de sul, registrou as menores temperaturas em 22 anos na capital, com temperatura mínima de 3,5°C no dia 13 e formação de geada na área da estação do Mirante de Santana. 

A previsão do Inmet para o inverno, que começou às 19h34 de segunda-feira, é de que as temperaturas devem ficar próximas da média histórica na maioria das regiões do Estado, podendo ficar um pouco abaixo da média no extremo sul e ligeiramente acima no extremo norte. Alguns eventos de ar frio podem ser mais intensos do que o normal em relação aos últimos anos no Estado, principalmente nas áreas do centro-sul e sudeste.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Mirante de Santana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.