Indaiatuba empresta bike de graça

Indaiatuba, no interior de São Paulo, colocou ontem em funcionamento um sistema de empréstimo gratuito de bicicletas ecológicas. Cem bikes foram distribuídas em três pontos estratégicos da cidade. Até o fim do ano, com a inauguração de mais um bicicletário, serão 200.

RICARDO BRANDT , ESPECIAL PARA O ESTADO , CAMPINAS, O Estado de S.Paulo

17 Julho 2012 | 03h04

Nos moldes do programa adotado em São Paulo em maio, o Ecobike de Indaiatuba tem como grande vantagem a gratuidade e o uso de materiais com menor impacto ambiental. "A cidade não tem problemas de excesso de veículos ou congestionamentos. Mas queríamos estimular o uso das bicicletas como meio de transporte", diz o secretário de Obras, Vias Públicas e Trânsito, José Carlos Selone.

Para reforçar o caráter ambiental da medida, a prefeitura foi buscar na cidade vizinha de Salto uma empresa que produzia quadros ecológicos. As ecobikes, como foram chamadas, têm o quadro feito com garrafas PET recicladas. A bike ecológica, segundo a prefeitura, é flexível, não enferruja, elimina a solda e pintura e não precisa de amortecedor.

Serviço. Qualquer pessoa com mais de 18 anos, ou menor acompanhado pelo pai ou pela mãe, poderá usar as bicicletas por um período de 4 horas - na capital, há uma taxa e uma mensalidades. As bikes ficarão disponíveis de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h ; e, no fim de semana, das 9h às 12h e das 14h às 18 h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.