1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Incêndio atinge garagem de ônibus na região de Guarapiranga

Fabiana Cambricoli, Laura Maia de Castro e Luiz Fernando Toledo - O Estado de S. Paulo

08 Julho 2014 | 20h 39

Local é usado pela empresa VIP para receber coletivos que estão fora de circulação, como veículos antigos ou em manutenção

Atualizada às 23h45

SÃO PAULO - Após a derrota da seleção brasileira, São Paulo registrou ataques incendiários a ônibus e um saque a uma loja de eletroeletrônicos, no início da noite desta terça-feira, 8. Em uma garagem da zona sul, ao menos 20 coletivos foram destruídos pelo fogo e quatro veículos foram queimados em outros pontos da capital. Somente no primeiro semestre deste ano, segundo a São Paulo Transporte (SPTrans), 89 ônibus foram queimados - em 2013, foram 65 veículos. Até esta terça, o total de coletivos destruídos chegava 113 este ano.

Maria Helena Rodrigues, que é proprietária de um bar na frente da garagem da empresa VIP, na Rua João de Abreu, no Guarapiranga, afirmou que o fogo começou logo após o fim do jogo entre Brasil e Alemanha. “A gente só viu muita fumaça”, disse ela, que contou que o bar estava cheio no momento, mas sem nenhuma movimentação atípica. Segundo a Polícia Militar, no entanto, não havia indícios de ligação entre o incêndio e a derrota.

Daniel Teixeira/Estadão
20 ônibus foram incendiados em uma garagem na zona sul de São Paulo

Segundo a SPTrans, o estacionamento é usado para receber coletivos que estão fora de circulação, como veículos antigos ou em manutenção. Até as 23h, a SPTrans não tinha informações sobre as causas do incêndio. Não houve registro de feridos nem de presos. O episódio não afetou a circulação das linhas da companhia.

A Avenida Guarapiranga foi bloqueada desde o cruzamento com a Estrada M’Boi Mirim, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Duas viaturas do Corpo de Bombeiros atuaram para controlar as chamas. Cinco carros da Polícia Civil foram ao local. O caso foi registrado no 47.º Distrito Policial (Capão Redondo).

Foram registrados mais quatro incêndios de coletivos: Rua Tibúrcio de Souza, em São Miguel Paulista, na zona leste; Rua Antenor Navarro, na Vila Medeiros, na zona norte; Rua Nova Rezende, no Parque Santa Madalena, zona leste; e Avenida Yervan Kissajkian, no Conjunto José Bonifácio, zona sul. 

A SPTrans solicitou à PM o reforço do patrulhamento nas regiões das ocorrências.

Saque. Cinco pessoas foram detidas após tentarem saquear uma loja do Ponto Frio. O crime aconteceu na Avenida Mateo Bei, em São Mateus, zona leste, pouco depois das 19 horas. Segundo informações do 49.º Distrito Policial (São Mateus), três homens e duas adolescentes foram detidos. 

A PM informou que eles arrombaram o comércio e tentaram sair de lá com vários produtos. A Polícia Civil não soube informar se algum outro suspeito conseguiu fugir.