Igrejas revelam detalhes da fé

Exposição no metrô reúne registros inusitados dos templos paulistanos feitos por um fotógrafo agnóstico

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

09 Março 2013 | 02h08

Nove das igrejas católicas mais importantes de São Paulo têm fotos expostas no metrô. Trata-se da mostra Divino Maravilhoso, um belo registro fotográfico da fé católica paulistana, pelas lentes do paulistano J. Andrade.

A exposição ficou em cartaz durante o mês passado na Estação Sé, agora está na Clínicas - até o fim deste mês - e, em abril, ficará na Estação da Luz. "Uma curiosidade é o fato de que ser agnóstico não foi entrave para a liberação da arquidiocese", comenta o fotógrafo. "Que, aliás, me deu toda a liberdade para realizar o trabalho e imprimir um lado mais soturno nas imagens."

Nossa Senhora do Brasil. J. Andrade conta que procurou retratar os locais com uma visão diferenciada, sob uma perspectiva pouco ou jamais vista pelo público em geral. Um exemplo é a Igreja de Nossa Senhora do Brasil (foto em destaque, ao lado), tradicional endereço católico dos Jardins. Ali, o fotógrafo retratou um dos banheiros.

"Famosa pelos casamentos dos ricos e famosos, a Igreja de Nossa Senhora de Brasil é, sem dúvida, um dos templos mais belos da Igreja Católica", diz o fotógrafo. "A riqueza de detalhes é tão grande que chega aos banheiros e transforma o local em mais uma das atrações do lugar."

A exposição traz 39 painéis com 69 imagens. Nesta página, a já citada Nossa Senhora do Brasil e outras sete igrejas aparecem em fotos, selecionadas e explicadas pelo próprio fotógrafo, a pedido do Estado.

Quem for conferir in loco ainda poderá ler o prefácio da mostra, assinado pelo arcebispo de São Paulo, o cardeal d. Odilo Pedro Scherer, que está no Vaticano, onde participará, a partir de terça-feira, do conclave para a escolha do novo papa - e é apontado como forte candidato a ocupar o posto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.