Homenagens a pessoas da ditadura devem sair das ruas?

Não Acho que não tem de apagar o nome dessas pessoas, porque, por pior que seja, elas tiveram um papel na história. Nós devemos conhecer esse papel até para que algo parecido não volte a acontecer. Talvez o que falta é dar nome aos heróis e às pessoas que lutaram pela democracia a monumentos importantes e a viadutos, ruas, praças etc. Eu não apoiaria a mudança de nome da Rua Doutor Sérgio Fleury. Ele foi terrível, mas é bom que saibam que existiu.

O Estado de S.Paulo

16 Julho 2012 | 03h02

Sim O general Souza tem de ser colocado na história como o chefe de um bando de assassinos que matavam brasileiros. Tem de tirar o nome do viaduto mesmo. Acho que não só nesse caso, mas em todos os outros. Devem ser feitas homenagens aos verdadeiros democratas, ao d. Hélder Câmara, ao Paulo Freire, ao César Lattes. São pessoas que deram a vida pela ciência, pelo Brasil, pela humanidade. E não essas tralhas, que são assassinos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.